Estar sempre ao nosso lado já é natural para os cães e gatos. Só quem convive com eles em casa sabe como estão totalmente adaptados ao nosso dia a dia: sabem direitinho a hora em que acordamos, qual momento do dia é dedicado à comida, ao descanso, à brincadeira. Mas acompanhar o ritmo do tutor também traz consequências que não são tão positivas aos pets, que agora também compartilham doenças que antes pertenciam somente aos humanos, como a obesidade e o sobrepeso. Hoje, o problema é bastante frequente, atingindo entre 25% a 40% de cães e gatos adultos. Para você entender melhor sobre esse problema, suas consequências e ainda ver como manter seu melhor amigo de quatro patas longe dessa epidemia, a Livelong reuniu tudo o que você precisa saber sobre o assunto. Confira!

Quais fatores podem contribuir para que o pet fique obeso?

Assim como nos humanos, a obesidade em cães e gatos é causada principalmente pela má alimentação. Então se você não resiste ao olhar pidão do seu amiguinho ao lado da mesa, fique atento! Compartilhar a sua refeição com seu pet pode acabar trazendo sérios riscos à saúde dele. Mas não é só a ingestão de calorias em excesso a única responsável pelo problema. O sedentarismo também é um fator importante para o desenvolvimento da obesidade. Por isso, mexam-se.

Outros fatores que podem contribuir com a obesidade:

    • Castração

A castração pode influenciar no aumento de peso do animal. As mudanças hormonais que ocorrem depois do procedimento podem deixá-lo mais sedentário, favorecendo a obesidade. Mas não é por isso que você precisa deixar de castrar o seu pet, já que ela traz outros benefícios para a saúde, como a prevenção de problemas de próstata nos machos, tumor de mama, infecção no útero e gravidez psicológica nas fêmeas. O que auxiliará a manter o peso indicado é o controle das calorias, com uma alimentação equilibrada e que atenda a necessidade energética de acordo com a fase de vida, além de exercícios físicos, que afastarão seu melhor amigo desse problema.

    • Problemas hormonais

Cães e gatos também podem desenvolver problemas hormonais, como o hipotireoidismo, que podem levar ao aumento de peso. E o problema não é raro! Por isso, fique atento aos sintomas: muita sede, aumento da urina, apetite exagerado, ganho de peso em excesso e sonolência são alguns deles. Se notar que seu melhor amigo tem apresenta alguns desses sinais, busque um médico veterinário.

    • Predisposição

Algumas raças têm predisposição à obesidade, como Labrador, Beagle, Basset Hound, Dachshund, Bulldog Inglês, Pug, Rottweiler, Terra Nova, Pastor Alemão e Cocker Spaniel, exigindo cuidados redobrados.

Quais as consequências da obesidade para os pets?

A obesidade prolongada pode trazer diversos prejuízos à saúde dos pets. Inúmeras doenças cardíacas, diabetes, problemas hepáticos, nas articulações, circulatórios e respiratórios podem colocar em risco a vida do animal, reduzindo sua expectativa de vida.

Como identificar se meu cão ou gatos está acima do peso?

Cães e gatos com peso acima de 15% do ideal já são considerados obesos. Visualmente, você poderá notar que as costelas não são localizadas facilmente, ele fica sem cintura e a barriguinha se torna mais saliente. Se as costelas não são visíveis facilmente e ele não apresenta o corpo com formato de ampulheta, pode ser que ele esteja acima do peso. Um veterinário pode dar um diagnóstico mais preciso, comparando o peso do animal ao recomendado para a raça.

Como evitar que meu pet fique obeso?

A principal forma de evitar que o cão ou gato fique obeso é mudar hábitos. E isso começa pelo próprio tutor, que, infelizmente, na maioria dos casos é o responsável pelo excesso de peso do bichinho. Veja algumas dicas para auxiliar no processo de emagrecimento para que seu pet chegue ao peso ideal:

    • Alimentação equilibrada

Apesar de ser difícil lidar com aquela carinha de pidão, você precisa ser firme e resistir à mania do seu cãozinho de querer dividir o que tem no prato com ele. Saiba que muitas vezes o que parece um pedacinho para nós representa uma grande quantidade de calorias para ele. Sem falar que muitas vezes o alimento é repleto de ingredientes que não devem fazer parte do cardápio dele, como determinados temperos e açúcar. Tente manter uma rotina, com horários para alimentá-lo, sem recompensas fora de hora. Lembre-se sempre de seguir as orientações da embalagem para não exagerar na quantidade de alimento no potinho. Na hora de escolher um alimento, procure pela qualidade. Observe sempre os componentes da ração e seus níveis de garantia.

    • Atividades físicas

Um dos grandes vilões da saúde e da balança é o sedentarismo. Confinados dentro de casa, eles acabam perdendo o hábito de se movimentar e passam o dia quase o dia todo deitados ou dormindo. À medida que engordam, ficam ainda mais ociosos, já que a locomoção se torna mais difícil. Por isso, você deve estimulá-lo. No caso dos cães, leve-os para passear todos os dias, ofereça brinquedos que chamem a atenção ou até contrate serviços mais específicos, como aulas de natação ou esteira. No caso dos gatos, arranhadores, novelos de lã e bolinhas podem ajudar nessa tarefa. Colocar a comida em lugares mais distantes também o forçarão a caminhar para chegar até o alimento.

Alimentação natural Livelong

Para ajudar no controle do peso do seu melhor amigo, você precisa investir em um alimento de qualidade, balanceado e saudável. Livelong é tudo isso e muito mais: low carb, feita com 90% de carne e vegetais selecionados cozidos no vapor, sem conservantes, corantes, agentes de sabor, grãos, transgênicos e glúten. Sua fórmula, desenvolvida nos Estados Unidos, foi pensada para que seu melhor amigo tenha mais energia, disposição e saúde. E mais: suculenta e feita principalmente com proteína, é ainda mais agradável ao paladar dos pets. Eles vão amar! São 4 receitas para os cães: Carne, Cordeiro, Frango e Peixe, todas com batata-doce. Já para o paladar exigente dos bichanos, são 3 variedades: Delícias de Aves, Delícias do Mar e Delícias de Carne, que levam mandioquinha em sua formulação. Ofereça ao seu melhor amigo e surpreenda-se com a alegria dele ao saborear Livelong. Compre agora!