Pegando a estrada com seu pet

Compartilhar viagens com os nossos pets é uma das melhores coisas da vida. Vocês conhecem lugares novos e criam lembranças inesquecíveis ao lado um do outro. Mas, como nem tudo são flores, alguns cuidados são necessários durante as viagens de carro com cães ou gatos. Confira só algumas dicas para tornar a viagem mais agradável para todo mundo!

1- Evite incidentes durante a viagem

Para evitar que seu pet fique enjoado e se sinta mal durante a viagem, o preferível é evitar dar ração ou qualquer tipo de alimento ao cão quatro horas antes do percurso e para os gatinhos, duas horas antes. Já em relação à água, a regra deve ser uma hora antes da viagem para ambos.

2- Saúde em primeiro lugar

Em qualquer viagem é fortemente recomendado levar sempre a carteirinha de vacinação em dia do seu pet. Além disso, antes de pegar a estrada, verifique o antipulgas e vermífugo do seu pet. Caso você deseje, uma boa ideia é montar um kit emergência com o veterinário com, por exemplo, medicamentos para enjoo na viagem.

3- Garanta a tranquilidade do pet

Algumas formas de deixar seu pet mais calmo no carro é colocar, caso tenha, a caminha dele dentro da caixa de transporte ou no banco traseiro. Assim ele vai se sentir um pouco em casa, caso fique inseguro. Outra dica é passear com seu cão antes dele entrar no carro, assim ele poderá gastar energia,  terá mais chances de dormir e vocês terão uma viagem mais tranquila. Uma última dica é, se possível, pegar a estrada em um horário que o seu pet tenha costume de dormir, isso irá facilitar que ele relaxe e durma durante o trajeto.

4- Sem cinto jamais!

Andar com o cão ou gato solto no carro é contra a lei e, além do mais, é muito perigoso para a segurança do seu pet! O ideal nessas viagens de carro é usar uma caixa própria de transporte, uma cadeira de carro própria para cães ou cinto adaptado para eles. Tudo vai depender de qual seu pet melhor se adapta e qual é o melhor para a família.

5- Planeje paradas

Uma parte fundamental da viagem é ter em mente sempre que seu pet tem necessidades específicas e que isso deve ser levado em consideração no planejamento da viagem. Paradas para que eles possam beber água, fazer xixi e esticar as patinhas devem ser feitas a cada uma hora, caso seu pet não esteja acostumado a longos trajetos. Caso seu pet já esteja acostumado, o recomendado é a cada duas horas, dependendo do organismo do seu pet, claro.

Dica extra: Para que os cães se acostumem ao novo ambiente, pode levar alguns dias, mas no caso dos felinos, essa adaptação pode demorar um pouco mais. Por isso, é importante fazê-los se sentirem em casa com seus brinquedos e alimentação saudável para criar uma rotina parecida com a que ele está acostumado.

*E, em caso de qualquer comportamento anormal, leve seu pet no veterinário antes de retornar de viagem!

Uma ótima viagem e muitos momentos de verdade ao lado do seu pet!