Se você está preocupado com a saúde do seu cão ou gato e deseja trocar o consumo diário da ração seca por alimentação úmida e variada, saiba que a substituição deve ser realizada de forma gradual para acostumar seu melhor amigo ao novo alimento. Quer saber como fazer isso? Então confira os benefícios, como fazer essa transição e ainda veja de uma dica de ouro sobre a alimentação dos pets aqui no blog da Livelong!

Os pets podem trocar totalmente a ração seca pelos alimentos úmidos da Livelong?

Ao trocar a ração seca por uma das variedades úmidas da Livelong, o organismo do animal reconhecerá facilmente a textura e nutrientes do novo alimento, pois a sua fisiologia digestiva está adaptada para consumo desse tipo de alimento. O conteúdo de água e a textura dos produtos Livelong é muito próxima ao das caças que os animais selvagens consumiam na natureza. A composição nutricional dessas dietas é baseada em proteínas e gorduras, ricas em nutrientes essenciais para os animais. Ao rotacionar a cada semana as diferentes variedades de Livelong, a dieta do seu pet ficará ainda mais completa. Para gatos, ainda existe o benefício de estimular o consumo de água por meio do alimento e assim auxiliar na diluição da concentração urinária, diminuindo os riscos de problemas urinários, frequentes em animais castrados.

Como deve ser o cronograma de troca de alimento?

A transição entre os alimentos deve durar sete dias. Durante esse período, aumenta-se gradualmente a oferta do novo alimento, diminuindo a ração anterior até que o pet esteja consumindo 100% da nova comida no sétimo dia.

No primeiro e no segundo dia, ofereça 75% do alimento atual e 25% de Livelong. Para os próximos dois dias, divida o alimento do seu amigo meio a meio: metade do alimento úmido Livelong e a outra parte da ração atual. No 5º e 6º dias, coloque 75% de Livelong no pote do seu cão ou gato e 25% da ração oferecida anteriormente. A partir do 7º dia, você já pode oferecer apenas Livelong ao pet.

Dica

Além da troca gradual, é sempre importante que o animal tenha uma rotina alimentar. Para isso, crie o hábito de oferecer a comida sempre nos mesmos horários. O organismo se prepara para a refeição antes mesmo da ingeri-la, liberando enzimas gástricas e fornecendo estímulos neurológicos que vão auxiliar na digestão. Não deixe o pote disponível para ele se alimentar na hora em que tiver vontade. Crie uma rotina. Isso ainda se tornará uma experiência compartilhada, já que você poderá acompanhar a satisfação do seu melhor amigo na hora da refeição.

Lembre-se: siga a quantidade recomendada na lata de acordo com o porte do seu pet.

Agora você já sabe como trocar o alimento do seu pet de forma gradual, sem riscos à saúde. Se você está procurando uma alimentação mais natural para ele, conheça as linhas de alimentos úmidos para cães e gatos da Livelong. Livre de grãos transgênicos, corantes, conservantes e agentes de sabor, é uma opção saudável e low carb que fornecerá energia e força para seu melhor amigo!