O stand up paddle é um esporte que lembra o surf e tem ganhado força no Brasil. Mas a novidade é que ele foi adaptado para que as pessoas possam praticá-lo com a companhia de seus cães e ficou conhecido como stand-up dog. Quer saber mais?

Praticado com a ajuda de uma prancha e um remo o stand-up é uma variante do surf, no qual o praticante em pé numa prancha, usa um remo para se mover através da água, nasceu nas ilhas havaianas, no começo da década de 60, como uma forma alternativa de treino quando o mar não estava em condições para a prática do surf.

o stand-up é uma variante do surf.

Com o intuito de exercer esportes ao ar livre com o seu cão, o stand-up dog foi criado por surfistas da Califórnia e do Havaí, como um hobby. Hoje se tornou sucesso no mundo todo, no Rio de Janeiro é o único lugar no mundo que possui campeonatos da modalidade e uma praia (Praia da Barra) específica e autorizada para a prática.

O esporte pode ser praticado por qualquer pessoa, idade e por qualquer cachorro, é importante que o animal se sinta à vontade na prancha, pois nem todos os cães gostam da experiência, seja por medo da água ou por enjoo. É interessante introduzir o esporte aos poucos.

O esporte pode ser praticado por qualquer pessoa, idade e por qualquer cachorro, é importante que o animal se sinta à vontade na prancha.

Uma das principais praticantes da modalidade, é a french bulldog @JessyCarioca, que pratica o esporte desde os 3 meses de idade. Sua tutora Valérie Grenier conta que pelo fato de Jessy adorar água, sua adaptação foi rápida, mas esse fator pode variar entre os pets.

Além da prancha e do remo, o colete salva-vidas é um item indispensável para a atividade, assim a segurança do pet está garantida.

Juntas, Jessy e Valérie já conheceram muitas praias ao redor do mundo, desde a França, até o Brasil. Você pode acompanhar toda essa aventura pelo perfil no instagram da Jessy.