fbpx

Todos nós amamos ver nossos cães e gatos saudáveis e felizes, assim como odiamos vê-los doentes e sofrendo. Cães e gatos estão constantemente expostos a vírus, bactérias, fungos e parasitas, estejam eles em casa, passeando nas ruas ou visitando clínicas veterinárias. A chave para manter seu cão ou gato o mais saudável possível e evitar doenças é através do fortalecimento da imunidade. 

Um sistema imunológico deficiente torna a saúde de cães e gatos vulnerável, traçando caminho para doenças como diabetes, artrite, problemas renais e cardíacos, asma, câncer e entre outros. Já um sistema imunológico fortalecido não irá impedir que o seu cão ou gato fique doente, contudo irá fazer com que sua recuperação seja mais rápida e fácil possível, causando menos sofrimento tanto para o seu pet, quanto para você.

Mas afinal, como fortalecer a imunidade do meu cão ou gato? Confira essas 4 dicas dadas por especialistas!

 

Pratique Exercícios Físicos

Manter o seu cão ou gato em uma rotina de exercícios físicos é uma das melhores maneiras de fortalecer o sistema imunológico. Exercícios físicos não precisam ser uma tarefa chata e cansativa, pelo contrário, podem e devem ser uma atividade divertida. Existem diversas formas de exercitar o seu cão ou gato: caminhadas, brincadeiras dentro de casa, brinquedos de enriquecimento ambiental e entre outros.

Além de aumentar a imunidade, promover o gasto de energia e a perda de peso, exercícios físicos são ótimos para aliviar o estresse. Muitos tutores não sabem mas, assim como os humanos, cães e gatos são seres suscetíveis ao estresse. Situações estressantes podem comprometer o sistema imunológico e reduzir a capacidade do corpo na luta contra doenças. 

Mas atenção: antes de implementar uma rotina de exercícios, é importante consultar o seu médico veterinário. Durante a consulta, o veterinário irá realizar um exame baseado na idade, raça e condições de saúde, avaliando se seu cão ou gato possui condições físicas para a realização de determinados exercícios. 

Veja também: Rotina de Exercícios Saudáveis para o Seu Cão e 3 Ideias para Deixar o Seu Gato mais Ativo

 

O Poder da Alimentação

Uma dieta saudável é um dos pontos fundamentais para um sistema imunológico forte.  Cães e gatos possuem organismos desenhados para ingerir uma dieta baseada em carne (proteínas), com baixos níveis de carboidratos (low carb).

Atualmente, a alimentação principal de cães e gatos é a ração seca. Rações secas são compostas 40% de grãos e amidos, grandes fontes de carboidrato, responsáveis por provocar inflamações. Caso você deseje continuar dando rações secas ao seu cão ou gato, especialistas recomendam o uso de rações livre de grãos (Grain Free). 

Outra opção é a Alimentação Natural, conhecida pela sigla AN ou como Alimentação Caseira. Para montar uma dieta de Alimentação Natural (AN), é necessário consultar um Médico Veterinário especializado em nutrologia. Ele irá montar um plano nutricional personalizado de acordo com as necessidades nutricionais individuais do seu cão ou gato. Caso você não tenha tempo para cozinhar, uma ótima opção são os alimentos da Livelong: alimentos naturais, completos, livre de grãos e glúten e que levam 90% de carne em sua receita. 

Veja também: Como Evitar que o Seu Cão Fique Obeso Como Lidar com a Obesidade em Felinos

 

Mantenha o seu pet limpo

Todos os dias, o sistema imunológico de cães e gatos precisam lidar com sujeiras e bactérias. Algumas bactérias e parasitas ajudam a fortalecer o sistema imunológico, no entanto, é necessário manter o equilíbrio. 

Levar o seu pet em uma clínica veterinária para tomar banho ou dar banho em casa irá reduzir a quantidade de bactérias presentes no corpo do seu animal, abrindo espaço para que o sistema imunológico se dedique a combater outras bactérias e parasitas. Mas atenção: uma grande quantidade de banhos pode acabar sendo prejudicial. Se o seu cão ou gato toma banho com bastante frequência, seu sistema imunológico poderá enfraquecer. Caso tenha dúvidas para saber a frequência ideal para limpar o seu cão ou gato, procure um médico veterinário. 

Além disso, é importante manter o local onde o seu pet dorme, seus brinquedos e recipientes usados na alimentação sempre limpos. Isto irá reduzir a quantidade de bactérias que o sistema imune terá que lidar. 

 

A importância de visitar o médico veterinário

Costumamos levar nossos pets no veterinário apenas quanto eles estão doentes ou machucados. Para evitar doenças e fortalecer a imunidade do seu pet, é importante que você faça visitas regulares para avaliar questões como peso, alimentação, prevenção de doenças e vacinação.

 

Gostou das dicas? Assine o nosso Newsletter e receba informações sobre saúde de cães e gatos!

 

 

%d blogueiros gostam disto: